Terejunina 2013

Havia 17 anos que a Prefeitura não promovia uma festa junina em Teresina. O Terejunina foi o resgate dessa manifestação. Realizado de forma inovadora, o evento se consagrou junto ao público como um sucesso em um curto espaço de tempo.

Aliar a identidade da região através das manifestações culturais, com grupos de sanfoneiros, bumba-meu-boi, trios de forró e quadrilhas em torno de um único projeto, fomentando a economia e gerando repercussão espontânea foi a fórmula encontrada para o êxito do evento.

Um dos primeiros desafios da agência foi o de batizar a festa com um nome que representasse a cidade e que estivesse ligado ao São João, fosse forte e de rápida assimilação. “Terejunina” foi escolhido por unir palavras do imaginário teresinense: “Teresina” e “Junina”. A marca traz a ponte estaiada num grande sorriso e elementos da cultura nordestina como sanfona, baiderinhas, chapéu de coro e noite estrelada e de luar.

A grandiosidade do Terejunina foi apresentada e fortalecida diante do público desde seu lançamento. Peças de mídia impressa, exterior, digital e televisiva foram divulgadas, proporcionando uma exposição massiva junto à população. Foram realizadas festas em bairros nas quatro zonas da capital como forma de envolver toda a cidade, além de um desfile junino e festa com bandas locais e nacionais na Ponte Estaiada. Trios de forró pé-de-serra e dançarinos de quadrilha recepcionavam os turistas no Terminal Rodoviário e no Aeroporto de Teresina.

Para ilustrar o tema foi escolhida uma das muitas quadrilhas para a filmagem do VT, um grande arraial foi montado em um cenário bem produzido no átrio da Igreja de São Benedito.

A imprensa foi convocada através de um convite com uma miniatura de chapéu de palha, para criar uma boa impressão do evento desde o primeiro momento. Os folders, panfletos e cartazes tiveram uma linguagem simples e que remetesse às festas de forró já tradicionais na cidade.

A veiculação das peças produzidas gerou repercussão bastante positiva para o Terejunina após seu lançamento, criando uma expectativa de boa recepção. Expectativa esta que se confirmou. A Caravana Junina, que abriu o evento em 1 de junho, levou mais de 10 mil pessoas à Avenida Raul Lopes.

Mais de 30 mil pessoas lotaram a praça cultural no bairro Dirceu. A mídia espontânea gerada pela realização das festas fez o Terejunina alcançar seu objetivos, o que fez com que a agência cumprisse com sucesso mais um case.